Dr Stevens Rehen comenta sobre substância na ayahuasca

“Precisamos fazer muito mais estudos nesse sentido. Nós temos uma primeira evidência. É o primeiro tijolinho de um trabalho que busca evidenciar substâncias que, muitas vezes, são proibidas, mas têm um potencial terapêutico que precisa ser estudado" - Stevens Rehens, pesquisador do Idor

Leia a notícia completa: http://migre.me/vIaMl