Especialista fala dos desafios da Sepse

A edição do último dia 28 de setembro da revista Época abordou estudo brasileiro publicado no periódico científico The Lancet, em que se constatou o real alcance da Sepse, ou infecção generalizada, no país. De acordo com a pesquisa, a síndrome afeta igualmente a redes pública e privada de saúde. Ainda, mais de 20% dessas não possuem estrutura adequada para tratamento dos pacientes infectados, o que é alarmante.

O Dr. Jorge Salluh, médico intensivista e pesquisador do Instituto D'OR, comentou os achados encontrados, ressaltando a importância do diagnóstico precoce e intervenção rápida: “A sepse é um problema que chama a atenção na UTI, porque é onde as pessoas morrem. Mas ele começa fora”, comenta.

Confira a matéria na íntegra!

Mais sobre as pesquisas do Instituto D'OR na área

O Instituto D'OR vem se destacando no cenário mundial das pesquisas relacionadas à qualidade do tratamento dos pacientes internados graves. Responsável por dezenas de publicações sobre o tema, a equipe de pesquisa em Terapia Intensiva desenvolve pesquisas com foco no desenvolvimento de estudos clínicos associados ao cuidado desses pacientes. Uma de suas principais iniciativas é o estudo ORCHESTA, maior estudo brasileiro dedicado a investigar como fatores organizacionais de UTIs se traduzem para a melhoria do cuidado do paciente crítico.

Em sua primeira fase, o ORCHESTRA inclui dados de quase 60 mil pacientes internados em 78 UTIs brasileiras durante o ano de 2013, revelando aspectos inéditos sobre os cuidados do paciente grave. Em sua atual segunda fase, coletou dados entre 2014 e 2015, alcançando importantes marcas: 93 UTIs de 55 hospitais, localizados em 11 estados brasileiros, foram incluídas no estudo. O aumento do número de pacientes observados também foi bastante expressivo, chegando a 129 mil.

Para o Dr. Marcio Soares, também pesquisador do Instituto D'OR e líder do ORCHESTRA, “a participação da Rede D’Or São Luiz foi essencial para o sucesso do estudo”, se referindo à inclusão de mais de 54 mil pacientes, vindos de 40 UTIs da rede de hospitais espalhadas por todo o Brasil.

Saiba mais sobre o ORCHESTRA aqui: http://www.idor.org/blog/orchestra

Para conhecer mais sobre as linhas de pesquisa da equipe de pesquisa em Terapia Intensiva, acesse:  http://www.idor.org/idor/medicina-intensiva