Exposição revela a beleza de mundos invisíveis

De longe, é arte. De perto, ciência! Em cartaz na Casa da Ciência da UFRJ a partir de 22 de fevereiro, a exposição “Mundos Invisíveis – Mostra de Arte Científica Brasileira", vai encantar o público com a beleza de imagens que só os cientistas costumam ver, por trás de grandes lentes de aumento.

 

O visitante terá acesso a um mundo de cores, formas e texturas que nunca imaginou existir, mas que está bem diante dos seus olhos! São 24 telas que ampliam em até 300 mil vezes detalhes do corpo humano, como vasos capilares e o tecido que forma o fígado, e também metais, plantas, fungos e outros materiais. Todas as telas foram produzidas por cientistas de diferentes instituições de pesquisa brasileiras.

 

Em dois sábados, 10 e 24 de março, a programação incluirá também atividades especiais, como oficinas de construção de biomandalas e redes neuronais, investigações microscópicas e um bate-papo com os cientistas que criaram as imagens da exposição. No dia 24 de março, o neurocientista Stevens Rehen, do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, vai conversar com o público sobre o tema “De perto, todo cientista é normal”.

 

Idealizada pelo coletivo multidisciplinar ArtBio, em parceria com o Museu do Amanhã, a exposição foi montada pela primeira vez em 2017 e tem o apoio do Instituto D'Or e da Zeiss.

 

 

Mundos Invisíveis - Mostra de Arte Científica Brasileira

De 22 de fevereiro a 25 de março

Na Casa da Ciência/ UFRJ

Rua Lauro Müller, 3 - Botafogo, Rio de Janeiro

Visitação:

Terça a sexta, das 9h às 20h

Sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h

Entrada gratuita.

Agendamento e informações: (21) 3938-5444

 

Atividades extras

 

·         Oficina de construção de biomandalas

Dia 10/3, das 13h às 15h

 

·         Oficina “Macro e microfotografia: vislumbrando novos horizontes”

Dia 10/3, das 13h às 15h

 

·         Bate-papo com cientistas

Dia 10/3, das 15 às 17h

 

·         Oficinas de investigações microscópicas e redes neuronais

Dia 24/3, das 13h às 17h

 

·         “De perto, todo cientista é normal”, conversa com Stevens Rehen

Dia 24/3, às 15h

 

 

Para saber mais sobre a programação, consulte

 

www.casadaciencia.ufrj.br

Facebook/casadaciencia