IDOR inaugura nova unidade em São Paulo

Espaço terá como foco o estudo das neurociências e da oncologia, e coordenará projetos de pesquisa clínica em âmbito nacional.

O Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) recebe convidados hoje (24/10) em sua nova casa em São Paulo. O espaço, no bairro do Ibirapuera, traz a expertise científica do IDOR e vai aliar atendimento clínico, pesquisa científica e capacitação na área médica. Entre os temas prioritários para nova unidade estão a oncologia e as neurociências, além da gestão centralizada das pesquisas clínicas realizadas pela Rede D’Or São Luiz em todo o território nacional. O lançamento está em consonância com o projeto de expansão da Oncologia D’Or, que ampliará assim sua atuação em pesquisa.

“A unidade em São Paulo representa o fortalecimento, a nível nacional, da missão do IDOR: promover ciência, ensino e inovação”, comemora a presidente do Instituto, Fernanda Tovar Moll. Da mesma forma como ocorre na sede do IDOR no Rio de Janeiro, a unidade paulistana também promoverá treinamentos para profissionais da área médica, incluindo a produção e atualização continuada dos materiais de formação para as equipes de oncologia em toda a Rede.

Para o diretor da nova unidade – o oncologista Paulo Hoff, que também está à frente da Oncologia D’Or –, o projeto é mais um esforço para combinar a excelência na pesquisa científica e o aperfeiçoamento de práticas na assistência em saúde. “Estamos comprometidos com a geração de conhecimento. É fundamental o compartilhamento dos processos e resultados das investigações com médicos e demais profissionais, que utilizarão esse conhecimento na prática, transformando o dia a dia dos hospitais”, afirma.

Um dos primeiros projetos da unidade São Paulo do IDOR é criar protocolos próprios para a pesquisa oncológica a partir de dados que têm como base a realidade da saúde brasileira. Essa contextualização sobre as necessidades da saúde nacional é uma preocupação constante do Instituto para melhorar a qualidade do tratamento do paciente que luta contra o câncer.

Para cumprir esses objetivos, o IDOR firmou parcerias estratégicas com outras instituições de excelência, como a Universidade de São Paulo. Há ainda convênios que

devem ser formalizados nos próximos meses, com instituições dedicadas a temas como biologia molecular, neurociências, tecnologia e inovação.