Independência na análise de dados científicos

Unidade do IDOR em São Paulo oferece curso de capacitação estatística para profissionais da área da saúde.

A estatística é uma ciência que atua em múltiplos campos do conhecimento. Sua função é analisar e compreender dados, transformando-os em hipóteses e resultados que são essenciais nos estudos científicos. Na área da saúde, é comum que os pesquisadores dependam de estatísticos para a avaliação de dados em projetos científicos. No entanto, muitos autores sentem a necessidade de obter melhor preparo e base para aplicação das metodologias estatísticas mais avançadas, o que os permite trabalhar diretamente com as informações de sua pesquisa, adquirindo maior agilidade, menor custo e análises mais direcionadas aos objetivos do projeto.

Pensando em capacitar profissionais da área da saúde para coleta, tratamento e análise probabilística básica de dados de pesquisa, o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) oferece  o curso de Estatística aplicada à Pesquisa, em sua unidade de São Paulo. O curso é coordenado pela Dra. Camila Venchiarutti, gerente médica de pesquisa clínica, e pela Dra. Agatha Rodrigues, doutora em Estatística que possui mais de 10 anos de experiência aplicada à saúde.

Segundo a Dra. Venchiarutti, o curso é endereçado a pesquisadores que atuam na saúde, seja com ciência básica e/ou com pesquisas clínicas. “O conteúdo do curso visa dar independência para pesquisadores, profissionais e estudantes que queiram ter autonomia para a avaliação de seus próprios dados”, afirma. Ela também acrescenta que um dos principais diferenciais do curso é que ele utiliza um software gratuito para análise de dados, evitando que o aluno tenha que arcar com licenças para aplicar na prática o que foi aprendido no curso.

A Dra. Rodrigues complementa que o software utilizado é um dos mais completos para ciência de dados, além de contar com uma comunidade ativa que desenvolve diariamente novas funcionalidades com linguagem atualizada às necessidades práticas dos usuários.  "A experiência em aplicação de estatística e o contato que tive com profissionais da área da saúde me motivaram a pensar em um curso com abordagens teóricas e práticas, para que o aluno também obtenha o conhecimento necessário da estatística aplicada para tomada de decisões com responsabilidade”, relata.

O curso abordará o planejamento e análise de projetos sob perspectiva da estatística, incluindo: tabulação dos dados, cálculo de tamanho amostral, análises descritivas, análises gráficas e análises inferenciais básicas. Todo esse conteúdo será discutido em abordagens teóricas e práticas, qualificando o concluinte do curso para execução da análise de dados e interpretação crítica dos resultados de seus projetos e da literatura científica.

O curso possui carga horária de 32 horas e suas aulas ocorrerão nos sábados a partir do dia 17 de agosto. Você pode acessar mais informações sobre o curso e sobre o processo de inscrição na página do programa, clique aqui e saiba mais.