Saúde Mental no pós-operatório

Visando o melhor atendimento de pacientes obesos após a redução de estômago, o IDOR oferece o Curso de Extensão Psicologia em Cirurgia Bariátrica.

A obesidade é uma doença crônica que se desenvolve normalmente quando a ingestão alimentar é maior do que o gasto energético do corpo. A consequência disto é o aumento de gordura que pode levar ao desenvolvimento de diversas doenças e problemas de saúde como diabetes tipo 2, doenças do coração, pressão alta, artrite, apneia e derrame. Esta doença atinge cerca de 20 milhões de brasileiros e as taxas de mortalidade de pessoas obesas são altíssimas.

Os tratamentos mais comuns indicados para a obesidade são a prática de exercícios físicos e a reeducação alimentar, mas esse conjunto de mudanças de hábito muitas vezes se torna impossível para algumas pessoas devido a dificuldades psicológicas ou falta de motivação. Como alternativa de tratamento, a cirurgia bariátrica surgiu para melhorar a qualidade de vida de pessoas obesas que não conseguem ou não querem se adaptar a mudanças na rotina. Entretanto, a adaptação da cirurgia resulta em possíveis complicações que exigem resiliência e disciplina. Por exemplo, o exagero alimentar pode causar consequências indesejáveis, também a perda de peso implica em mudança drástica na maneira de se enxergar no espelho.

Com o intuito de melhor atender pacientes na fase de pós operatório, abordando temáticas de saúde mental, o IDOR oferece o curso de extensão de Psicologia em Cirurgia Bariátrica, que traz temas atualizados e voltados para a prática clínica dos profissionais da psicologia. O curso aborda o processo do parecer e da avaliação psicológica para a realização do procedimento cirúrgico, como também a avaliação das causas que levaram ao excesso de peso para melhor condução do projeto terapêutico de operados.

O curso tem como objetivo capacitar e atualizar profissionais na área da cirurgia bariátrica, fornecendo ferramentas de avaliação e manejo do acompanhamento psicológico necessário ao controle da obesidade. Serão desenvolvidas habilidades como avaliação psicológica para cirurgia bariátrica, acompanhamento psicológico no pós operatório e intervenção em grupos terapêuticos. Ao final, “o aluno estará preparado para o desafio da prática clínica que se impõe no cotidiano de nosso trabalho em um cenário de aumento da obesidade no Brasil, uma patologia crônica, multifatorial e de difícil controle”, afirma a Dra. Loise Ataliba, psicóloga clínica e coordenadora do curso.

Inscreva-se aqui. A aula ocorrerá no dia 17 de agosto, sábado, das 9h às 15h.