O Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) é um colegiado interdisciplinar e independente, com “munus público”, responsável pela avaliação e acompanhamento dos aspectos éticos de todas as pesquisas envolvendo seres humanos. Tem papel estabelecido nas diretrizes éticas internacionais (Declaração de Helsinque; Diretrizes Internacionais para as Pesquisas Biomédicas envolvendo seres humanos) e Brasileiras (Res. CNS n.º 466/12 e complementares). Nestas diretrizes ressaltam-se a necessidade de revisão ética e científica das pesquisas envolvendo seres humanos, visando sempre a proteção dos direitos, a segurança e o bem-estar dos sujeitos da pesquisa.

Finalmente, o CEP exerce papel consultivo e, em especial, papel educativo para assegurar a formação continuada de pesquisadores promovendo discussões sobre os aspectos éticos das pesquisas.

Membros

  • André Chevitarese de Avila - Especialista

  • Arnaldo Barbosa Prata - Doutorado

  • Denílson Campos de Albuquerque - Doutorado

  • Fernanda Saboya - Especialista

  • Fernando Charnaux Rocha - Bacharelado

  • Marcelo Reis - Doutorado

  • Maria Clara de Magalhães Barbosa - Doutorado

  • Ronilson Gonçalves Rocha - Doutorado

  • Sarah Zani - Mestrado

  • Thais Monteiro - Mestrado

  • Virgílio da Silva Rocha Jr. - Ensino Médio

O Comitê Científico do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino foi criado em 2010 com o objetivo de avaliar a exequibilidade e o mérito científico dos projetos, e de auxiliar os pesquisadores nas diversas etapas dos estudos propostos.

Cada projeto de pesquisa submetido é encaminhado ao coordenador da área afim, Cardiologia, Imagem, Medicina Interna, Medicina Intensiva, Neurociências, Neurologia Clínica, e
Neuropsiquiatria, sendo também identificados por grandes áreas da saúde como Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Psicologia, Biologia, Biomedicina, Odontologia, etc.

A missão do Comitê Científico é promover pesquisa de excelência na área da saúde, respeitando todos os princípios éticos e legais que regem a pesquisa envolvendo seres humanos. Assim, presta consultoria aos interessados, avalia e faz recomendações sobre os projetos, apóia os pesquisadores na busca de parcerias com centros de excelência e incentiva o intercâmbio internacional com instituições de pesquisa.

As ações do Comitê Científico facilitam a avaliação e a apreciação ética dos projetos pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), reduzindo significativamente as possíveis pendências que venham a ocorrer tanto em relação a construção dos projetos quanto dos seus Termos de Consentimento Livre e Esclarecido.

Os membros do Comitê Científico formam uma equipe de profissionais altamente qualificada e experiente no desenvolvimento de pesquisa clínica e translacional, a nível nacional e internacional.

O Núcleo de Inovação Tecnológica do IDOR (NIT-IDOR) foi estabelecido em 2012, nos moldes da Lei da Inovação (Lei Nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004). O NIT IDOR atua ativamente na catálise e na condução da captação de financiamentos para inovação para o IDOR e para a Rede D’Or São Luiz, e coordenou a captação de cerca de R$ 195 MI em recursos para inovação no biênio 2014/2015.

O NIT-IDOR prospecta projetos de inovação no IDOR e na Rede D’Or São Luiz, sendo responsável pela análise e depósito de patentes e registros de software, além de coordenar o estabelecimento de contratos de P&D nos moldes da Open Innovation e de Acordos de Cooperação Científica com empresas e Instituições de Pesquisa brasileiras e internacionais. O NIT-IDOR tem estabelecido parcerias com empresas como a L’Oréal e a Mobile Brain.

Recentemente, o IDOR anunciou uma parceria com a L’Oréal para desenvolvimento, no Brasil, da tecnologia de pele humana reconstruída Episkin, contribuindo para a disponibilização de modelos validados para pesquisa biomédica e avaliação toxicológica como alternativa para testes em animais.

O NIT-IDOR desenvolveu, em parceria com a Mobile Brain, os cursos para educação online “Felicidade no Amor” e “Cultivando Amizades”, baseados em conceitos científicos de Psicologia Social, e disponíveis em celulares Vivo através da EduMobi, que é uma empresa do Grupo SOMOS Educação.